Séries

Literatura, Substantivo Feminino

Direção: Vanessa de A. Souza

Descrição: Que tal um encontro com escritoras e personagens femininas da literatura brasileira que, através das letras, eternizaram em prosa e verso questões existenciais, sociais e políticas contundentes que influenciam o pensamento de sua época e das que viriam depois? Esta é a proposta da série LITERATURA, SUBSTANTIVO FEMININO, que pretende trazer para a televisão o debate sobre a mulher na literatura, ou mais amplamente do feminino encarado em suas várias manifestações de gênero, seja como objeto de representação, como criadora ou como leitora (crítica ou acrítica).

Classificação Etária Indicativa: Livre

Ano de Produção: 2021

País de Origem: Brasil

Classificação Ancine: 01 - Obra Não Publicitária Brasileira, Constituinte de espaço qualificado e Independente.

Dias/Horários: Domingo às 09h00 / Quarta às 10h00 / Quinta às 10h30 / Segunda às 11h30 / Terça às 12h00 / Quinta às 18h00 / Domingo e Terça às 21h00 / Sexta às 22h30 / Sábado às 23h30

Detalhes Episódio (20/01/2022 - 18:00) Literatura, Substantivo Feminino Temas delicados
Duração: 00:26:00
Sinopse: No oitavo episódio da série "Literatura, Substantivo Feminino", Cidinha da Silva fala da importância de uma literatura de autoria negra, a fim de buscarmos sentidos positivos para a existência do corpo negro. Conceição Evaristo traz mulheres negras como protagonistas em suas obras e aborda outras violências sofridas pela mulher, além da agressão física. Lilian Fontes lembra o quanto retratar um estupro em um conto mexeu consigo, bem como Beatriz Bracher, que se empenhou em mergulhar nos sentimentos mais conflitantes pelos quais uma mulher pode passar em uma situação de abuso. Para Stella Maris Rezende, os temas sempre são delicados e complexos, porque a vida é complexa.