Séries

Brasil, Travessias

Direção: Silvio Tendler

Descrição: "Brasil, Travessias" descortina o país que está fora dos cartões postais através da diversidade da arte, da riqueza do povo e da exuberância de paisagens pouco exploradas. As cores, os aromas, os sons e as texturas do país são os protagonistas da série, apresentada pelo engenheiro ambiental e fotógrafo Jurandir Lima. Percorremos onze estados e visitamos mais de 70 cidades para mostrar personagens e lugares que compõem a pluralidade dos tantos brasis que cabem no Brasil. Conhecemos mestres da arte popular brasileira que, através de diversas manifestações, preservam e difundem a cultura do país. Tecido, argila, madeira e sons transformam-se em retratos da nossa cultura. São as rendeiras e bordadeiras, os artesãos do tear, os escultores do barro e da madeira, os cantadores de músicas tradicionais e os que produzem instrumentos tipicamente brasileiros. Distantes dos grandes centros urbanos, eles imprimem em seu trabalho a estética do Brasil profundo, das pequenas vilas isoladas, dos rastros do contato com a cultura indígena, quilombola e européia. A série também revela modos de vida e tradições de diversas regiões. Mostramos a sabedoria das lavadeiras das beiras de rio, a lida das doceiras, a aridez da rotina dos vaqueiros dos sertões, o trabalho dos moradores de áreas rurais da região Sul em baixas temperaturas e as estratégias de sobrevivência de pequenas comunidades isoladas pela seca do nordeste. Visitamos a caatinga, o cerrado, a mata atlântica, a floresta tropical equatorial e os campos sulinos em busca de ângulos pouco explorados pela mídia convencional.

Classificação Etária Indicativa: Livre

Ano de Produção: 2018

País de Origem:

Classificação Ancine: 01 - Obra Não Publicitária Brasileira, Constituinte de espaço qualificado e Independente.

Dias/Horários: Segunda a quinta às 22h00 / Terça a sexta às 11h30 / Sábados às 22h30

Detalhes Episódio (04/04/2019) Brasil, Travessias O Brasil da caatinga
Duração: 00:27:41
Sinopse: A arte que nasce em meio à aridez da caatinga é o destaque neste episódio, gravado em Pernambuco. Vamos conhecer artistas que transformam em barro em peças de arte que viajam o mundo. São os discípulos do Mestre Vitalino. Seu filho, que criou um museu na casa onde o pai morava, também é artesão e dá vida a inúmeros personagens característicos do Nordeste, como os retirantes que fogem da seca. Mostramos também o trabalho de uma artesã que produz peças em tamanho reduzido, algumas delas com apenas alguns milímetros de altura. Já uma artesã nonagenária se dedica a fazer bonecas e figuras religiosas em grandes proporções. Outro artista retrata cenas da infância e figuras típicas da caatinga. Ele começou a esculpir ainda criança, com seus pais, que não tinham dinheiro para comprar tinta nem pincéis e usavam apenas as mãos para trabalhar. Neste episódio também viajamos ao Parque Nacional do Catimbau, onde conhecemos as milenares pinturas rupestres e as tradições da região, como a lenda do fogo corredor. No parque, entrevistamos um artista que vive isolado e usa troncos e galhos retorcidos de árvores secas para fazer obras de arte e instrumentos musicais.